[Resenha] - Marsha Mellow e Eu - Maria Beaumont














Título: Marsha Mellow e Eu
Autor(a): Maria Beaumont
Páginas: 293
Editora Bertrand Brasil


Amy escreveu um bestseller - o romance definitivo sobre sexo, drogas e rock'n'roll... só que sem as drogas e o rock'n'roll.
Ela devia estar curtindo o dinheiro, a fama e a matéria de oito páginas na Hello!. E talvez estivesse, se conseguisse contar a verdade para a mãe. Mas a mulher é tão prepotente e puritana que Amy ainda não disse para ela nem que fuma. Em vez disso, faz aquilo em que é mestre: se esconde por trás do seu pseudônimo. Mas por quanto tempo, agora que os tablóides deram início a uma cruzada para descobrir a verdadeira identidade de Marsha Mellow?
Ser descoberta não é seu único medo. Há o ex-namorado viciado em sexo, que provocou todo esse rolo, o patrão que ela odiaria, se não fosse irritantemente bonito, e a crescente conscientização de que todo mundo que ela conhece também tem seus segredinhos...


Após levar um fora de seu namorado, Amy decide desabafar escrevendo um livro repleto de sexo, já que Jake, além de um cretino de primeira, é um pervertido sexual que a considera uma careta. Com raiva, Amy escreve Anéis nos Dedos Dela, uma prova a si mesma de que pode ser descolada, se quiser.

O livro era apenas um exercício de superação, até que sua irmã Lisa o encontra em seu computador e a envia para uma agente literária. Com medo da reação de seus pais, principalmente de sua mãe extremamente conservadora, Amy assume o pseudônimo Marsha Mellow.

Ela não precisa se preocupar com esse segredo, até que um importante jornal de Londres, Mail, promove uma caça às bruxas, atrás da indecente autora que está deturpando e influenciando os adolescentes. Com a publicidade, Marsha Mellow vira um sucesso e esconder este segredo passa ser quase impossível.

Bom, o que dizer do livro? Primeiro, a autora utiliza muito palavrão e expressões grosseiras, que ao meu ver são desnecessários. Isso não me fez desistir do livro, apenas achei que deixou a linguagem feia.

O que realmente me incomodou foi que a história anda, anda e anda e não sai do lugar. Todo o enredo foi construído em cima do mistério de Marsha Mellow, mas esse mistério é desenvolvido de forma cansativa, repleto de mentiras e segredos que não levam a lugar algum. 

A família da Amy é um caos. Sua mãe é uma pessoa conservadora, homofóbica e que odeia católicos. Seu pai estaria tendo um caso. E sua irmã namora um cara que ninguém nunca viu e que tem grande probabilidade de ser um criminoso.

A autora utiliza um humor negro na história que, apesar de no início ser engraçado, com o tempo parece carregar elementos preconceituosos contra obesos, homossexuais e negros. Acho que o intuito era nos fazer rir, mas acabou ficando pesado demais para meu gosto.

Depois de toda a enrolação o segredo é finalmente revelado!!! Com outra mentira... Aff... O final pode até ter tido algum sentido, mas me decepcionou muito. A única coisa que eu realmente gostei no livro foi Lewis, o chefe durão e lindo da Amy. O final que deram para ele foi o que compensou um pouco. 

... você é interessante, e eu sinto que estou conseguindo finalmente conhecer você... Eu gosto de você, Amy.

O livro não é péssimo, deu para levar, mas não me conquistou. Mas claro que esta é apenas a minha opinião, não é porque eu não gostei que significa que você também não vai gostar. ainda bem que as pessoas têm opiniões diferentes sobre as coisas. Se tiverem oportunidade leiam e tirem suas próprias conclusões.


3 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar desse livro :/

    Que pena que você não gostou, é tão ruim quando lemos algo e não gostamos :/

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não conhecia esse livro, mas confesso que fiquei curiosa. Porém, ao ler sua resenha e ver certas coisas que tem na trama, desanimei. Uma pena não ter gostado do livro. Talvez um dia eu leia e tire minhas próprias conclusões haha
    Beijos, Nathália
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Alice, td bem? Quase comprei esse livro há algumas semanas numa feira de livros aqui perto de casa e, agora lendo sua resenha, não me arrependo nem um pouco de não ter comprado. É muito chato quando nos frustramos com um livro assim, né! Beijo

    ondevivemashistorias.com

    ResponderExcluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer