[Resenha] Fingindo - Cora Carmack


Fingindo









Título: Fingindo
Autor(a): Cora Carmack
Páginas: 336
Editora: Novo Conceito






Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.

Esse é aquele tipo de livro que você não quer que acabe, mas está desesperada para saber o final! Dito isso, vamos à resenha. 

Cade Winston, é aquele típico rapaz bonzinho e querido com todos, mas que acaba sempre com o coração partido. É justamente nesta situação que ele se encontra no início do livro. Bliss, sua melhor amiga e a garota que ele ama, está namorando com um sexy professor britânico, e Cade sofre não apenas por ter que ver os pombinhos naquela fase de início de namoro como também tem que aguentar seus olhares de pena e simpatia. 

A situação muda quando ele conhece Max em uma cafeteria. Max não tem nada a ver com a garota que partiu seu coração, não apenas por seus cabelos vermelhos e suas tatuagens, mas por sua coragem e ousadia. É justamente este conjunto ousado que a leva a pedir para Cade, aluno de mestrado em artes cênicas, para fingir ser seu namorado certinho por um dia diante de seus pais conservadores que não aceitariam seu verdadeiro namorado. Cade vê a proposta não apenas como uma oportunidade de praticar seus talentos de ator, como também uma chance de esquecer e distrair-se de seu sofrimento. 

Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas vinte e quatro horas. 

Max é musicista e seu grande sonho é ver sua banda decolar. Sua família, contudo, não aceita seu estilo de vida e suas escolhas. Assim, para continuar recebendo o “patrocínio” de seus pais e se dedicar a música ela precisa convencê-los de que está tomando um rumo na vida e que está ganhando responsabilidade. 

E ele... ele me lembrava a música. De como eu me sentia cantando. Como se eu estivesse caindo e voando, liberdade e medo. 

Eu poderia escrever muitas coisas sobre o livro, mas não quero dar spoiler. Então, o que eu mais gostei na estória? Essa coisa de “contratar” alguém para se fingir de namorado parece tão clichê e tão seção da tarde, mas neste livro deu super certo. Acho que é porque Fingindo é um dos primeiros romances que eu li em que temos um cara bonzinho e uma bad girl roqueira. Amei essa troca, saiu da mesmice de muitos romances N.A. 

Aqui eu preciso dizer que, apesar do cara querido não ser meu tipo preferido de personagem para esse gênero de escrita, o fato de Cade ser um amor não faz dele menos sexy, pelo contrário, deu um toque a mais, na hora que precisa ele sabe muito bem mostrar o que quer, ficando irresistível. Conseguiu me convencer totalmente e eu quase troquei bad boys por ele, quase! Já Max é o tipo de mulher que não gosta de se apegar, seus relacionamentos não duram muito, são focados quase que inteiramente no contato físico e não nas emoções. 

Então corri, deixando para trás a melhor coisa que podia ter me acontecido. 

A estória é contada tanto do ponto de vista de Cade quanto de Max, o que para mim faz a narrativa sempre ficar perfeita. Nesse vai e vem entre os dois a autora nos apresenta um enredo que parece misturar as características dos personagens: intenso, sofrido e sentimental. Tanto Max quanto Cade têm fantasmas do passado com os quais precisam lidar, fantasmas que poderão afetar diretamente o futuro de ambos. O livro é bem grande, mas a leitura é deliciosa, já que todo esse stress emocional é aliviado com partes engraçadas, muita música e cenas picantes, ui. Amei! Já tinha lido outro livro da autora e posso dizer que esse é ainda melhor.


Essa resenha fez parte de um leitura coletiva onde os participantes leriam títulos com gênero New Adult (NA) ou Young Adult (YA). Eu escolhi Fingindo, um livro que estava querendo ler faz um tempo. Não deixem de visitar os outros blogs participantes e conferir as suas resenhas, os livros escolhidos são ótimos!

Menino Literário - Resenha AQUI!
Livros da Garota Vermelha - Resenha AQUI!
Cooltural Blog - Resenha AQUI!
Não Empresto Livros - Resenha AQUI!
Um Leitor no Oceano - Resenha AQUI!
Sweer Like Caramel - Resenha AQUI!
Vivenciando Mundos - Resenha AQUI!


8 comentários:

  1. Oiii

    Confesso que não conhecia o livro e achei bem interessante o fato de o menino ser o bonzinho e a menina ser a garota "má". Parece ser uma história boa, amei a resenha!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha me deixou ainda mais louca para ler esse livro. E os outros dois da autora. Amei sua resenha!
    Bj :)

    http://umleitornooceano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ain que estória mais fofa!! Preciso saber com quem ela fica, não é justo isso!! Amei sua resenha e te odiei por não dar nem um spoilerzinho inofensivo hahua!!
    Arrasou!
    Beijão, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
  4. Só essa primeira frase da capa já dá vontade de abrir e ir devorando as páginas ❤️❤️ Não sou muito fã de NA, prefiro YA, poreeem me interesso pelos dois. Me surpreendeu porque sempre a boazinha é a menina, o menino que é o mal. Já li sim livros assim, mas pela capa meio que parece o contrário. Adorei a resenha, queria muito ter participado da leitura 😭
    Blog Menina da Livraria

    ResponderExcluir
  5. Olá Lili!
    Estou louca para ler esse livro e os dois anteriores. A história parece ser muito bom e me intrigou. Espero ler em breve! Adorei a resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um bom livro!
    Ótima resenha...Parabéns!
    Bjo

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser ótimo pela capa.
    Ai, você lê a sinopse e.. Se apaixona!
    Você lê sua resenha e já vai pesquisar o preço!
    Amei, amei, amei! :)
    http://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer