[Resenha] Tensão - Gail McHugh



Título: Tensão
Autor(a): Gail McHugh
Páginas: 336
Editora: Arqueiro


Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.
Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela.
Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?


Emily acabou de perder a mãe, com câncer de mama. Devastada a garota decide mudar-se para New York para morar perto de Dillon, seu namorado. Durante todo o período de convalescênça de sua mãe, o rapaz ajudou, apoiou e financiou Em. Na expectativa de morarem juntos Dillon paga a mudança de Emily para a sua cidade, trazendo para perto de si a garota com quem quer passar a vida.

Emily, contudo, não está em um bom lugar no momento. Assim, decide ir morar com sua ex-colega de quarto de faculdade, Olivia, deixando seu namorado chateado. Conforme Em começa a superar a dor da morte de sua mãe e começa a se estabelecer e trabalhar na nova cidade, ela percebe que Dillon não é mais quem ela achou que fosse. Agora o rapaz não tem mais tempo, já que trabalha até tarde todos os dias e viaja alguns dias da semana. Mas não foi apenas o tempo desprendido juntos que mudou. Dillon começou a se mostrar agressivo, possessivo e autoritário. Apesar de Emily não gostar desta nova versão de seu namorado, a garota o ama e não consegue deixa-lo, já que tem uma dívida de gratidão para com ele.


Apesar de tudo Em está feliz com seu relacionamento com Dillon. Pelo menos ela pensava que sim, até conhecer Gavin. Este, com seus fascinantes olhos azuis, traz uma nova cor ao mundo de Emily e abala suas certezas. A garota acredita que tal atração, apesar de intensa, seria passageira e que ela não precisaria mais se preocupar com o estranho bonitão. O que ela não imaginava é que Gavin é um dos grandes amigos de Dillon, e que terá que se acostumar a tê-lo por perto. Gavin está decidido a conquista-la e Em precisará escolher entre o “certo” e estável relacionamento com Dillon ou o “duvidoso” e a excitante paixão que cresce em seu peito por Gavin.




Tensão é pouco para nomear esse livro. Cheguei a ficar até nervosa com ele. Até agora não consigo decidir se amei ou odiei essa história. O que eu odiei? Emily e Dillon! Em é uma daquelas protagonistas que conseguem despertar toda a impaciência dentro do nosso ser. Exagero? Pode até ser, mas foi assim que me senti. Uma mulher que se submete a situações degradantes e humilhantes. Sem tomar atitude nenhuma ela se entrega a um mar de confusão criado por ela mesma e que poderia ser facilmente resolvido se ao menos tivesse coragem para isso. Já Dillon pode ser resumido na palavra “babaca”, não tem outra característica que o defina melhor. Agressivo e mandão, ele está sempre com um copo na mão. O pior de tudo, é que utiliza a desculpa de estar bêbado para justificar suas péssimas atitudes. Sério, fiquei com vontade de dar uma sacudida na Emily – do tipo: Se valorize mulher! Tome uma atitude logo de uma vez – e um soco em Dillon, nossa que raiva dele.

O que eu amei? Gavin! Esse homem fez toda a leitura valer a pena e para mim o livro se resume a ele. Achei o belo rapaz diferente dos demais protagonistas de N.A., já que desde o início ele não tem medo de se entregar aos sentimentos avassaladores que nutre por Emily. Ele sabe o que quer e luta por isso até o fim, de forma irresistível, sexy e fofa. Gavin é gentil, sabe valorizar e como tratar Emily. Fiquei com pena e até angustiada de vê-lo lutar e sofrer por essa garota tão indecisa.

Como um tornado que arranca do solo tudo que está em seu caminho, a simples presença de Emily funcionava como um imã. Que desgraçada!


Tensão é um daqueles livros que conseguem trazer à tona sentimentos contraditórios no leitor. Ao mesmo tempo que me deixou impaciente, fiquei curiosa. Morri de raiva e me apaixonei pelos personagens. Fiquei tensa e animada com a leitura. Tudo isso ao mesmo tempo, em um turbilhão de emoções. Para resumir, achei o livro bom. Poderia ser melhor? Sim, a história tem bastante potencial e poderia ser explorada de outra forma. Me arrependi de ler? Apesar de esperar mais do livro não me arrependi de lê-lo, tanto que pretendo ler o próximo simplesmente porque a autora quis me matar do coração com esse final e eu preciso muito saber o que irá acontecer com Gavin!!!



6 comentários:

  1. Olá!
    Li o livro faz um tempo e adoreeeei ele! O Gavin é tudo de bomm <3
    Parabéns pela resenha.

    Beijão e bom final de semana
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Ainda nem li Bullying, que comprei por sua causa e você já me esfrega esse livro no cara? Não podeeee amiga!! Eu ameiiiiii, preciso e quero NOW!
    Super beijo, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
  3. Affff!! Tive que voltar no post, porque acabou de ser informada pelo Skoob, que esse é só primeiro livro da série! Revoltada contigo.
    Bjo, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Bru, esse é só o primeiro da série... Mas vou te falar, achei Bullying bem melhor hein.

      Beijos

      Excluir
  4. Kkkkkkk já é a cara da Bru, esses livros assim de New Adult. Eu também curto bastante, claro. :) E, após sua resenha, me interessei bastante pelo livro.

    Abraços,

    Pedrim
    http://pedrimoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Lili!
    Até comecei a ficar interessada pelo livro, mas quando li que você sentiu tudo isso e que a personagem principal se deixa humilhar já descartei haha Mas até que a estória parece ser interessante haha Arrasou na resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer