[Resenha] 8 Segundos - Camila Moreira



Título: 8 Segundos
Autor(a): Camila Moreira
Páginas: 280
Editora: Suma das Letras
 
 O que fazer, quando dois mundos totalmente diferentes se chocam em uma realidade não esperada? Pietra sempre teve tudo o que desejava, mas após ser obrigada a passar trinta dias isolada em uma das fazendas da família, ela vai descobrir que nem tudo está ao alcance de suas mãos. Um peão de olhos azuis está tirando o sono da princesa da cidade. Lucas Ranger é um homem ligado às coisas mais simples da vida. Suas maiores paixões são o rodeio, o campo e os animais. Lucas não se deixa levar pelos lindos olhos verdes de Pietra, ele sabe que ela significa problema. Mas será que o cowboy indomável, irá se deixar laçar por uma menina de crista? Oito segundos... uma história de amor e paixão superando as diferenças. 

Pietra, uma patricinha mimada, não vê a hora de conseguir seu apartamento em Paris. Para isso, ela faz um acordo com seu pai, um grande fazendeiro: passará trinta dias na fazenda e em troca ganhará o tão sonhado apê. 


Acostumada com a modernidade e o luxo, a garota, assim como era de se esperar, detesta a nova realidade. Maus odores, roupas simples e empregados rústicos são o que precisará enfrentar na fazenda Girassol. Para piorar a situação, ela conhece o sexy e grosso peão Lucas, veterinário da fazenda, que logo de cara se irrita com a princesinha. Apesar de seu jeito xucro e de suas constantes provocações, o doutor é lindo de morrer. Pietra está acostumada a ter tudo o que quer, e ela quer o belo peão. Mas será que ela conseguirá conquista-lo? Será que esse jogo de sedução se tornará uma história de amor? 



Antes de ler procurei algumas resenhas na internet. A maior parte apresentava críticas positivas a respeito da história, o que aumentou muito minhas expectativas. Quando eu comecei o livro esperava bem mais da leitura e acabei me decepcionando um pouco. Mas, a narrativa foi me conquistando aos poucos e pude entender a razão pela qual as pessoas falam tão bem de 8 Segundos. 


A história é boa, tem potencial. Isso porque a autora trouxe para o enredo características da cultura de rodeios e das fazendas, tão presentes em nosso país. Gosto muito quando nossos autores valorizam aspectos da cultura brasileira em seus livros e Camila Moreira conseguiu fazer isso muito bem. Sem contar que a escrita da autora contribui para o bom andamento da leitura. 


Achei Pietra muito chata e mimada no início. Acostumada a ter tudo o que quer a garota não mede esforços para conquistar o peão. Isso fez com que eu me irritasse no início, mas com o desenrolar da história vemos o crescimento e amadurecimento da garota, que se torna mais humana e sensível, contudo, sem deixar de ser decidida, impulsiva e impaciente. Lucas, ao contrário de Pietra, é responsável, dedicado e trabalhador. Após perder seus pais muito cedo, dedicou-se aos estudos e ao trabalho com animais na fazenda Girassol. Com seus belos olhos azuis e uma atitude xucra e direta, Lucas está acostumado a ter as mulheres que quer, mas todas sabem que é quase impossível laçar o coração deste peão.

Estava aflita para vê-lo, morrendo de vontade de contar que estava apaixonada, que pela primeira vez alguém realmente tinha entrado no meu coração.


O que me decepcionou no livro foi que a autora criou todo um jogo de sedução entre os dois que era para ser engraçado, carregado de humor, mas que acabou ficando infantil. Até esperava estas atitudes de Pietra, mas não de Lucas. Isso me fez querer desistir da leitura várias vezes, mas como muita gente fala bem do livro, decidi continuar lendo. 


Lucas conquistou apenas metade da minha simpatia hahaha por dois motivos. Primeiro, porque entrou nos joguinhos infantis de Pietra.  Segundo, porque tem a mania de chamar Pietra de Potranca. Eu sei que este apelido pode ser comum em alguns lugares, mas para mim não rolou não hahaha.  Apesar de esperar mais da história, posso dizer que o romance, drama, vivido por Lucas e Pietra me emocionou e que a playlist criada pela autora está perfeita.


Se vocês acham que minha história termina aqui, se enganam. Ela está apenas começando.








5 comentários:

  1. Oi, Lili!
    Se o cara me chamasse de potranca, eu revirava a mão na cara dele.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza Helena, ri muito com seu comentário. Potranca não dá né?!

      Beijos

      Lili

      Excluir
  2. Olá, Lili!
    Esse livro possui aquela estória típica que já estamos roxos de tanto saber hahaha Eu não leria pelo fato da protagonista ser muito infantil e mimada. Além desses joguinhos infantis que não me agradaram haha Mas eu daria uma chance. Acho que me divertiria em alguns pontos haha Adorei a sua resenha! Ficou muito bem escrita!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  3. KKkkkk acho que eu leria, mesmo não aparentando ser muito bom! <3
    Adorei a resenha, hein?

    ResponderExcluir
  4. Liliiii, não sei se rola pra mim! É meio YA? Me deu a impressão que sim, e não curto muito não, gosto muito da valorização de traços da nossa cultura, mas fiquei bem com o pé atras hauahuaha.
    Beijos, Bru = www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer