[Resenha] Meu Vício Depois do Amor - Kell Teixeira


Título: Meu Vício Depois do Amor
Autor(a):  Kell Teixeira
Páginas: 462
Editora: Bezz
Skoob

“A cocaína foi o pior vício do Maycon, e ele, meu pior vício. Amá-lo é aquela mistura de dor e prazer. Olho em seus olhos, ambos estão machucados, nós nos machucamos e as feridas ainda estão sangrando, posso ver isso bem claro. Mas o destino resolveu brincar conosco, ele fez duas pessoas improváveis se amarem e aqui estamos nós, cheios de razões e com orgulho ferido, mas engolindo tudo com uma dose alta de prazer. Parece insano, nos acostumamos à dor, e por mais que eu queria correr, nunca dou de fato um passo para longe dele”
Nessa sequência, a luta ainda é obscura e velhos fantasmas perseguem Maycon. Eles estão casados e têm um filho. Além de enfrentarem os problemas diários do casamento, tem a abstinência do Maycon e a insegurança da Elena. Eles se amam e apesar de toda a loucura, isso é algo notório. Mas Maycon, na falta da droga, se vê atormentado pelos demônios do passado. Meu vício - depois do amor, traz o enredo e dramas do primeiro livro, contudo revela um amadurecimento necessário para o casal que se encontra em situações complexas e lutam para se manterem unidos. Será que continuaremos a presenciar os milagres do amor?

Após ler Meu Vício (resenha Aqui) um livro que me deixou no chão literalmente, fui procurar saber mais sobre a  autora e eu com a cara de pau que tenho rsrsrs fui e adicionei Kell no face, escrevi para ela dizendo o quanto gostei do livro, e perguntei como ela poderia escrever uma estória tão real, que mexe tanto com os leitores e principalmente como gostei de Maycon claaaro! 
Ela super atenciosa não só me respondeu, como também me falou mais sobre os personagens, logo depois, fiquei sabendo que o segundo livro Meu Vício - depois do amor já estava para ser lançado e não me aguentei de alegria, vou contar aqui o que achei da sequência de um livro, que por ser tão realista mexeu muito comigo e ao mesmo tempo me fez ver situações de ângulo novo.


Na trama Elena contrariando a todos permaneceu ao lado de Maycon e agora, os dois lutam com um inimigo maior, a abstinência de Maycon. Ele está passando por momentos extremamente difíceis, ser um ex viciado o deixou com alguns demônios e uma recaída que todos acreditam ser iminente acaba estremecendo o amor do casal, chega a um ponto que Elena não consegue se entender com Maycon e ele, por outro lado, não consegue se comunicar com ela e mais uma uma vez a intromissão dos familiares de ambos não os ajuda em nada.

Meu vício depois do amor obviamente é sobre o amadurecimento dos personagens, principalmente o de Maycon que no primeiro livro era um tanto infantil e desapegado de tudo e todos agora, com a chegada de Noah ele não pensa somente nele e também não tenta mudar apenas por Elena, sua ambição em ser uma pessoa melhor e um pai que seu filho merece é o que te dá forças para enfrentar seus problemas.

“O amor é um sentimento engraçado, ainda que a pessoa o machuque ou faça algo que definitivamente o magoe, não é o fim. Por causa da droga do sentimento, nunca há um fim. É como um vício, uma dose alta nas veias. Você sempre quer mais, ainda que faça mal".

A princípio achei que a trama iria seguir a mesma linha do primeiro livro Maycon tentando mudar pela Elena porém, me surpreendi muito com a força que Maycon mostrou já Elena, continuou com aquela irritante mania de sempre ouvir tudo o que dizem sobre seu relacionamento que até então, só diz respeito a ela.
Mas por incrível que pareça ela também aprendeu com seus erros e logo se impôs como mulher tanto para os outros quanto para o marido o que ajudou muito no relacionamento dos dois.

“Sinto Elena e me pergunto se algum dia eu serei seu algo melhor. Mas por que temos realmente que ser o melhor de alguém? Já é um fardo tão grande tentar ser o seu melhor, quanto mais o de alguém. É louco porque eu nunca tive como controlar meus pensamentos, ou falando de um jeito mais formal, nunca tive controle mental e até o momento, nunca precisei. 

O que mais gostei nessa sequência de Meu Vício é que mais uma vez Kell não maquia a trama a fim de deixar a estória "fofa" para aqueles que leem um conto de fadas que eu, devo confessar, leio sempre. Ao concluir a leitura novamente me senti exposta a realidade de tantos com esse tipo de problema, o vício, e em nenhum momento criei uma falsa ilusão que Maycon e Elena seriam felizes para sempre, eles lutaram dia a dia para aí sim, conquistar a felicidade que merecem. 

Com certeza recomendo a leitura!    

3 comentários:

  1. Olá, Sabrina!
    O livro possui uma temática bem forte, real demais até haha Tenho dado chances a mais livros assim e estou gostando. Esse parece ótimo e fico feliz em saber que é uma ótima sequencia! Ótima resenha <3
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Sabrina, tudo bem?
    Não conhecia os livros, e realmente parecem ser bem realistas né? A premissa é bem forte, e que bom que a autora soube trabalhar bem! Eu sei que sofreria muito com essa leitura, me envolvo demais haha. Que bom que você gostou tanto, que o segundo livro seguiu bem a linha do primeiro, e que a autora foi tão fofa <3

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br
    Participe do SORTEIO DE 1 ANO do Blog!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sa. <3
    Esse, com certeza, seria um livro que eu ia adorar.
    Amo livros com esse lado forte, com problemas sérios e reais da vida de muita gente.
    Vou procurar o primeiro.

    Abraços,

    Pedro Oliveira
    Um Menino Leitor

    ResponderExcluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer