[Resenha] Firelight - Sophie Jordan

Título: Firelight
Série: Firelight #1
Autor(a): Sophie Jordan
Páginas: 291
Editora: Agir
 
A jovem Jacinda é especial. Além de pertencer a uma espécie descendente de dragões cuja maior habilidade é poder alternar entre a forma humana e a animal - os draki -, ela é uma das únicas de seu clã que consegue cuspir fogo. Quando uma atitude rebelde ameaça a existência dos outros membros de sua comunidade, ela e sua família têm que fugir e viver disfarçadas entre os humanos.
Na nova escola, Jacinda precisará esconder seu segredo de todos e aprender a controlar seu espírito draki, que teima em se manifestar logo na presença do belo e charmoso Will, um caçador de dragões. Os dois se apaixonam e irão fazer de tudo para que os muitos segredos e diferenças que os separam não os impeçam de viver esse amor.  

Jacinda é especial, já que é uma draki/humama. Descendente de dragões, sua habilidade é cuspir fogo, o que a faz diferente dos demais drakis do seu clã. Como é a única cuspidora em mais de quatrocentos anos, Jace torna-se uma espécie de propriedade do clã, separada para ser a companheira do macho alfa Cassian. Mas a garota não está disposta a aceitar que escolham seu destino e vai quebrar todas as regras possíveis, o que traz sérias consequências e que faz com que sua família seja obrigada a fugir na calada da noite.

Agora Jacinda precisa se adaptar ao mundo humano, no qual seus instintos naturais começam a definhar. A garota não vê a hora de sair do deserto escolhido por sua mãe e voltar para as montanhas, nas quais pode voar livremente. Isso até encontrar Will, um belo caçador, que a salvou em um passado não tão distante. Será que ela conseguirá resistir à paixão por esse predador tão charmoso? Ou será que ela se renderá a esse amor, colocando o segredo e a proteção de sua espécie em risco?


Depois de vampiros, lobos e anjos, decidi ler um livro sobre dragões. É o primeiro que leio a respeito destes seres fantásticos e valeu a pena. No livro encontrei tanto o clichê, o comum, quanto o diferente. Vou explicar!

O clichê do livro está na relação entre Jacinda e Will. A presa se apaixonar pelo caçador já era esperado e não traz muita novidade. Encontramos aqui aquela coisa a la Crepusculo do: "você não deveria ficar perto de mim, eu sou perigosa" e tal. Porém, mesmo assim gostei da forma como a autora desenvolveu o romance dos dois, a forma como o passado e o presente destes personagens se encontram. Sem contar que o Will é um protagonista perfeito, perigoso, decidido e fofo, tudo ao mesmo tempo.

O elemento diferencial do livro fica por conta do mundo draki, de sua beleza e sua névoa fantasiosa. Gostei muito da diversidade que a autora colocou sobre estes seres, suas variadas cores e habilidades, deixou a história rica e interessante. Claro que Jacinda é uma garota especial dentro de seres especiais, mas ao invés de isso fazer dela uma personagem chata, a fez uma garota rebelde, decidida a viver de acordo com suas próprias regras, o que eu amei. personagens rebeldes são tudo de bom.

Fiquei com pena de Tamra, a irmã gêmea de Jace. Durante toda a história a garota nada mais foi do que a sombra de sua irmã. Espero que nos próximos livros a autora explore mais o potencial da personagem e que ela dê a volta por cima. Não que eu não goste de Jacinda, mas acho que Tamra também merece sua chance de brilhar.

Não vejo a hora de ler a continuação e fiquei muito triste ao saber que não tem à venda no Brasil. O final me deixou com o coração na mão,  vou comprar a versão gringa, porque preciso saber o que vai acontecer com Will, Jace, Tamra e Cassian.


Beijos da Lili 😉

4 comentários:

  1. Oi, Lili!
    Achei diferente esse livro, com esse de drakis e afins. Acho que ainda não li nada que envolva dragões, então vou dar uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, dá uma chance sim, porque o livro é bem gostosinho de ler.

      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Lili! Eu ia comprar esse livro até que descobri que a continuação não vai sr lançada aqui.
    Adorei a resenha e a história parece ser boa. Na verdade a parte dragões é bem inusitada e foi isso que mais me chamou atenção no enredo.
    Bj bj
    Um Leitor No Oceano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Let,

      Pois é, essa parte de não ter a continuação aqui é bem triste :(, mas a leitura vale a pena mesmo assim.

      Beijos

      Excluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer