[Resenha] Beleza Perdida - Amy Harmon


Título: Beleza Perdida
Autor(a): Amy Harmon
Páginas: 336
Editora: Verus

Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.
Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.
Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.


Fern ama Ambrose desde seus 10 anos. Agora, no último ano da escola, ela é o patinho feio, cujo melhor amigo é seu primo cadeirante Bailey, apaixonada pelo lutador lindo e popular. Tudo o que Fern deseja é que Brosey repare nela, note sua existência. Após uma troca de cartas secretas, isso acontece, mas não da forma como ela gostaria. No mesmo período em que o lutador nota sua existência, ele decide se alistar no exército, partindo para o Iraque.


Fern, claro, espera seu herói voltar do campo de batalha, com a mesma devoção e amor de sempre, contudo, o rapaz que volta não é mais o mesmo Ambrose. Será que Fern finalmente terá sua chance? Será que ela conseguirá romper as barreiras que Brosey criou para si mesmo e conseguirá conquistar o coração deste herói ferido? 


Comecei a ler esse livro com muita expectativa, já que não vi uma pessoa falar mal dele até hoje. A história é um típico caso de amor americano, no qual o jovem, abalado com os ataques de 11 de Setembro nos EUA decide se alistar no exército, buscando tanto um sentido para sua vida como defender seu país. A mocinha fica esperando, ansiosa, que o objeto de seu amor volte são e salvo, mas esse regresso sempre traz consigo marcas profundas que só a guerra pode trazer. Em resumo a história é essa. Mas é só isso? Não!

Para mim o mais importante do livro foram os ensinamentos que a autora trouxe ao longo da narrativa, lições a respeito da beleza, do amor, do sentido da vida, do seu valor, de Deus. A obra é muito rica, carregada de poemas de Shakespeare, letras de música e versículos bíblicos. Admiro muito a forma como a autora fala de Deus em suas histórias, de um jeito natural, sem forçação de barra, fazendo-o presente, mas de uma forma discreta. É realmente lindo!

O romance de Fern e Ambrose é daqueles que nos deixa suspirando, é inocente e quente, tem sabor de quero mais. Apesar de ter amado esses dois, achei que Bailey roubou totalmente a cena nesta história, da melhor forma possível. Diagnosticado com distrofia muscular de Duchene e fadado a morrer antes dos 21 anos, o garoto é sinônimo de alegria, vida e perseverança. Bailey é um daqueles personagens que a gente não consegue esquecer, que impacta a nossa vida e que nos faz pensar o que estamos fazendo com ela.

Beleza Perdida é um livro recheado de ensinamentos, drama e superação. Me disseram que era um New Adult, mas eu achei que está mais para drama, algo próximo de O Mar da Tranquilidade, não no enredo, mas no estilo de narrativa. O final acabou comigo, chorei, ri e suspirei. Resumindo, esperava mais, mas amei a história!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer