[Resenha] Meu Querido Meio-Irmão - Penelope Ward




Título: Meu Querido Meio-Irmão
Autor(a): Penelope Ward
Páginas: 264
Editora: Pandorga

 Não é normal desejarmos alguém que nos atormenta. Quando meu meio-irmão, Elec, se mudou para nossa casa, eu não estava preparada para lidar com um cara tão idiota. Odiei o fato de ele ter descontado sua raiva em mim porque não queria estar aqui. Odiei ele ter trazido garotas da escola para seu quarto. Mas o que mais odiei foi o modo indesejável que meu corpo reagia a ele.
A princípio, pensei que tudo o que ele tinha a seu favor era o corpo musculoso e tatuado e o rosto perfeito. Mas as coisas começaram a mudar entre nós, e tudo teve um desfecho em uma noite inesquecível. No entanto, do mesmo modo que Elec entrou na minha vida, logo voltou para a Califórnia. Passaram-se anos desde a última vez que o vi. Quando a tragédia atingiu nossa família, tive que encará-lo novamente. E, diabos, o adolescente que me deixou louca se tornou o homem que destruiu o resto de sanidade que havia em mim. Senti que meu coração estava prestes a ser partido. De novo.
Greta está ansiosa com a chegada de seu “meio-irmão”. Desde o casamento de sua mãe com seu padrasto Randy, a garota sabe da existência de Elec, mas não mais do que isso, já que o relacionamento dele com Randy não é dos melhores. Por isso, quando fica sabendo que Elec vem morar um ano com sua família, a expectativa de Greta é grande, o que ela encontra, contudo, é um lindo, irresistível e completo imbecil. Mesmo tentando manter-se longe um do outro, logo os dois percebem que isso será impossível e as consequências de uma noite serão sentidas e sofridas mesmo depois de anos separados.

Amei, amei e amei esse livro. A capa nos engana e nos faz pensar que essa será só mais uma história quente. Não, não é disso que Meu Querido Meio-Irmão se trata. Nela conhecemos uma garota boa de coração que, por algum motivo, encanta-se com Elec, conseguindo ver seu verdadeiro “eu” sob suas atitudes rebeldes e maliciosas. Disposta a não se deixar abalar pelas provocações do garoto, Greta se empenha em construir uma relação amistosa com ele, o que acaba, óbvio, com ela se apaixonando no processo.

"Pensei que tudo o que ele tinha a seu favor era o corpo musculoso e tatuado e o rosto perfeito. Mas as coisas começaram a mudar entre nós, e tudo teve um desfecho em uma noite inesquecível"

O livro conta como eles se conheceram, tudo o que aconteceu nesses meses e depois dá um salto de 7 anos, no qual conhecemos a versão adulta dos personagens. Depois de tantos anos temos uma Greta mais madura, que tenta seguir com sua vida e enterrar o passado em algum lugar no fundo do seu coração. A garota não espera ver Elec de novo depois de tantos anos, estava acostumada a acreditar que o que aconteceu tinha ficado apenas nas suas lembranças já que depois daquela noite eles tiveram contato apenas uma vez. Contudo, sob circunstâncias difíceis os dois acabam se encontrando e logo vemos que esse encontro não será nada fácil, já que trará fortes recordações do passado dos dois, desenterrará difíceis e sombrias lembranças vividas por Elec e seu pai e aumentará a insegurança e incerteza sobre o futuro.
"Era sobre querer alguém que não podia ter e querer reviver o curto tempo que passaram juntos desde o início"

Se eu já tinha gostado do adolescente cheio de piercings e tatuagens, gostei ainda mais da versão bad boy de óculos de Elec, não sei se é porque estava tão ansiosa quanto Greta em conhecer seu lado maduro, mas ele conseguiu ser ainda mais irresistível e bagunçado. Assim como Greta fiquei arrasa com a “surpresa” que ela encontrou junto de Elec quando eles se reencontraram. Não gostei disso não...hahaha, contudo, apesar de concordar com esse caminho escolhido pela autora, achei que ela desenvolveu muito bem a história, nos fazendo vivenciar junto com os personagens, a dor e o conflito de se querer algo que não se pode ter.

Amei demais esse livro, torci muito por esse casal e me emocionei com a história deles. Entrei madrugada a dentro lendo esse livro, porque simplesmente não conseguia largar e depois fiquei com uma ressaca literária enorme.

Beijos da Lili 💋

2 comentários:

  1. Gostei desse livro. Poderia me indicar alguns livros com essa temática de irmãos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, não conheço muitos.. só Paixão sem Limites e Loucamente Sua.

      Beijos

      Excluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer