[Resenha] O Último dos Canalhas - Loretta Chase


 
Título: O Último dos Canalhas
Série: Canalhas #2
Autor(a): Loretta Chase
Páginas: 3o4
Editora: Arqueiro
 
O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela. Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.
Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.
Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.
 
Lydia Grenville está acostumada a lutar pelo que quer, o que na sociedade machista inglesa da década de 1800 pode ser um problema. Não que ela se importe. Ela lutou muito para conseguir ser uma jornalista no periódico Argus, no qual usa as palavras para relatar e criticar as dificuldades vividas por mulheres e crianças em Londres.

Quando Vere Aswoond vê essa grande mulher de quase 1,80 de altura fazer um escândalo em um beco de Londres ele corre para apaziguar os ânimos, pensando fazer um favor à bela mulher. O que ele não esperava é que a “mulher dragão” como a chama, se voltaria contra ele, humilhando-o na frente de seus amigos. Vere decide que Lydia pagará por seus atos, por seu uma mulher insolente que não sabe seu lugar. O que ele não esperava é que a impossível mulher poderia balançar seu coração libertino.

Descobri meu amor por romances de época no início do ano passado e assim que vi O Último dos Canalhas em promoção não pensei duas vezes e comprei. Eu gostei muito do livro, apesar de no início achá-lo um pouco arrastado. O jeito durão de Lydia e as provocações de Vere faz com que a gente ache que esse casal briguento não vai se acertar nunca. Contudo, conforme a história foi acontecendo eu me vi envolvida pelas brigas e provocações desses dois e não consegui mais parar de ler. 
 
"No mundo real, adulto, era mais fácil encontrar unicórnios do que príncipes encantados".

Lydia é uma protagonista de época atípica. Primeiro, seu tamanho chama a atenção, uma vez que a maioria das damas de épocas são retratadas como pequenas, delicadas e recatadas. Apesar de possuir um lado tímido e inocente, a mulher dragão não tem muito de “recatada e do lar”, pelo menos não para os padrões da época. Ela não é uma "devassa", mas sim uma ótima escrevinhadora, que não poupa esforços para lutar pelos direitos de mulheres sofridas e agredidas. Além disso, a jornalista tem o talento da atuação, que a ajuda em suas reportagens. Resumindo, é uma solteirona que vive no “submundo” londrino, que não se importa com o que as pessoas pensam dela.

Vere é conhecido como o último dos canalhas da família Mallory. Além de ser um libertino assumido, o duque é conhecido por não se apegar a ninguém. O motivo? Uma sucessão de funerais, nos quais viu seus entes queridos enterrados, um após o outro. A gota d’agua foi a morte de seu sobrinho Robin, do qual era tutor. Para amenizar sua dor, Vere decide mergulhar em bebidas, mulheres e confusão. Fiquei com pena do duque, apesar de durão, vemos que sua libertinagem nada mais é do que uma forma de esconder sua dor e insegurança. Nos momentos que conseguimos vislumbrar sob a armadura percebemos que ele tem um bom coração, além de todo o charme que um conquistador dessa época costuma ter. 
 
"Ela era um monstro lindo e ele a desejava - tinha até medo de pensar o quanto a amava".

Gostei muito da leitura, fiquei com vontade de ler os outros livros da autora. Quem gosta de romance de época e ainda não conhece os Canalhas precisa conhecer.

Beijos da Lili 💋

3 comentários:

  1. Oiii Lili, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse porque não sou muito chegada em ler livros de romance de época, mas parabéns pela resenha.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante, gosto de casais que brigam muito antes de ficarem juntos. Valeu a dica, gostei da resenha. bjos

    ResponderExcluir
  3. Sempre vejo muita publicidade entorno deste livro, mas nunca li rsrsrs, e sua resenha só fez aumentar ainda mais a minha curiosidade
    Blog Lêtrando

    ResponderExcluir

© Meninas na Literatura | Layout por A Design e Ilustração por MK Designer